Cópia reprográfica: confira as principais informações sobre o assunto!

cópia reprográfica

Então, você pegou uma lista de documentos necessários, para tirar sua dupla cidadania, se casar ou começar um novo emprego. Até aqui, tudo bem, nada fora do normal (para você).  Só que, na lista, consta o seguinte termo: “cópia reprográfica da certidão de nascimento”. 

E, agora, o que significa isso? Pois é, antes mesmo de ir atrás da papelada, é fundamental saber o que cada caso representa. Assim, você não comete erros em todo o processo, concorda? 

E vamos reconhecer que, diante de uma nova realidade excelente — como mudar de país, em busca dos seus sonhos —, não dá para cometer deslizes! 

Bom, saiba que nós da Central das Certidões entendemos sobre muitos documentos exigidos em diferentes situações. Com isso, claro, podemos te oferecer muito auxílio! 

Neste conteúdo, mesmo, nós vamos explicar: 

  • o que é a cópia reprográfica;
  • para o que ela serve;
  • como solicitar a sua cópia;
  • diferença entre cópia reprográfica e certidão de inteiro teor;
  • dentre outros fatores bem importantes.  

Já vale adiantar que você nem precisa sair de casa para conseguir o documento em pauta.  

Ficou ainda mais curioso para saber os detalhes? Então, siga por aqui e boa leitura! 

O que é cópia reprográfica?

A cópia reprográfica, apesar do nome complicado, é mais simples do que se imagina. Nesse caso, estamos falando de uma fotocópia ou xerox do livro de registro. 

Bem simples mesmo, não é verdade? 

o que é cópia reprográfica central das certidoes

Cópia reprográfica: para que serve?

Agora que você já sabe o que é a cópia reprográfica, podemos avançar e, dessa forma, dizer qual a função desse documento em pauta. 

O objetivo da reprográfica é registrar um acontecimento, ato ou fato sob sua responsabilidade, dando FÉ PÚBLICA (garantia de que tal documento é verdadeiro e, por isso, pode ser aceito em diferentes situações). 

Alguns exemplos mais comuns desses tipos de acontecimentos são: 

Vamos usar, aqui e novamente, um exemplo citado lá no começo. Desse modo, fica mais fácil entender de qual forma você pode usar um xerox de livro de registro, ok? 

Imagine que a sua família tenha origem portuguesa e, a partir disso, você queira tirar a sua cidadania portuguesa. 

No processo para conseguir esse direito, é pedido uma lista de documentos — dentre eles, a certidão de nascimento dos seus pais (que não são nascidos no país europeu). 

Pode ser que os cartórios, onde foram registrados os nascimentos de seus pais, lhe entreguem cópias reprográficas. 

Ou seja, fotocópias do livro de registro. O mais importante é saber que, sempre que esse tipo de documento for entregue, você não precisa se preocupar com a legalidade dele. 

Tudo realmente está dentro dos padrões e das leis. Pode ficar tranquilo (a) quanto a isso!

Ainda, cabe uma observação: vale lembrar que a cidadania portuguesa traz muitos benefícios. Dentre eles: 

  • poder ter dupla cidadania;
  • ter liberdade para viver em qualquer país da Europa;
  • conseguir acesso a serviços públicos de saúde;
  • poder passar a nacionalidade portuguesa para seus filhos;
  • pagar menos impostos (em comparação com os padrões brasileiros);
  • poder estudar em universidades pagando menos, do que se fosse você somente brasileiro (a);
  • ter mais qualidade de vida;
  • dentre outros. 

E é claro que, de qualquer forma, esse é um processo trabalhoso. Mas, saiba que, quanto à entrega das documentações, é possível simplificar muito tudo. 

Mas, isso já é assunto para o próximo tópico. Continue por aqui!

cópia reprográfica para que serve

Como fazer uma cópia reprográfica.

Hoje em dia, graças ao avanço tecnológico, solicitar documentos é muito mais simples do que se imagina. 

Se antes, as pessoas precisavam ir a cartórios (muitas vezes, longe de casa, ou até em outro país) e — além de tudo — aguardar ser chamado em uma fila, atualmente, tudo é melhor. 

Para se ter uma ideia, o pedido de uma reprográfica pode ser feito online. Isso por meio de uma empresa que faz a ponte entre pessoas e cartórios. 

Claro que a Central das Certidões é justamente um ótimo exemplo disso. Já para pedir a cópia do livro registro (correspondente a certidões), você deve fazer o seguinte: 

  1. acessar a nossa página de solicitação de documentos;
  2. preencher os campos em branco com seus dados pessoais (nome, CPF, RG, telefone e e-mail);
  3. responder qual tipo de certidão deseja ser retirada (fotocópia) e qual a localização dela;
  4. preencher outros dados referentes à certidão;
  5. adicionar os dados necessários, para você ter a entrega do documento;
  6. verificar o valor do serviço e confirmar o pedido. 

Além de tudo, com essa grande facilidade, você não corre o risco de perder um evento ou oportunidade importante.

Garanta casamento, emprego novo, negócios profissionais, enfim! Tenha todos os documentos exigidos, em mãos!  

Quais documentos necessários para emitir cópia reprográfica?

O pedido da sua cópia, pela Central das Certidões, não depende de envio de documentos, na verdade. 

Como vimos, no passo a passo, a tarefa é a de preencher o formulário com seus dados pessoais. 

Além disso, com os dados relacionados à própria certidão, por exemplo, cidade e estado onde ela foi registrada

Tudo bem mais fácil, aliás! Então, preencha todos os campos solicitados, depois, confira o orçamento e prazo para a entrega, ok? 

Qual a diferença entre Certidão de Inteiro Teor e cópia reprográfica?

Quando o assunto é cópia reprográfica, muitas pessoas ficam na dúvida. Afinal, será que a fotocópia significa o mesmo que certidão de inteiro teor

Vamos descobrir isso agora! 

O que acontece é que a reprográfica, como comentamos, é uma fotocópia ou xerox do livro de registro. 

Já a certidão de interior teor é uma versão digitada do livro registro. Ela também costuma ser chamada de “certidão de inteiro teor extraída por meio datilográfico”.

Além disso, é importante saber que ela traz mais informações, ou seja, é uma versão mais completa do que uma certidão simples. 

Alguns desses dados a mais podem ser relacionados a: naturalização, correções, anotações e assinaturas. 

cópia reprográfica o que e

Entendido então a diferença entre os dois tipos de documentos? 

Um outro detalhe é que as fotocópias, muitas vezes, tem legibilidade prejudicada. Por exemplo, a pessoa que registrou o documento, tinha a letra difícil de ler. 

Sendo assim, a cópia do xerox não ficará tão clara. Mas, ainda assim, alguns processos exigem a fotocópia. 

Um exemplo disso é o trâmite para tirar a cidadania portuguesa. O consulado costuma pedir a reprográfica ou, até mesmo, os dois tipos de documentos: xerox e versão digitalizada. 

O que fazer? 

O ideal é, diante de qualquer procedimento, sempre checar quais tipos de documentações são necessárias — e isso, claro, com a maior antecedência possível. 

Em seguida, confira como a Central das Certidões pode te ajudar!

Quanto custa uma cópia reprográfica?

O valor da fotocópia pode variar de acordo com cada caso. Por isso, o ideal é preencher o nosso formulário e conferir o orçamento específico para sua demanda. 

Resumindo.

Neste conteúdo, você pôde saber o que é cópia reprográfica. Vamos recapitular os principais pontos abordados… 

A cópia em discussão trata-se basicamente de um fotocópia, também chamada de xerox (de uma parte do livro de registro). 

Então, a fotocópia pode ser, por exemplo, de uma certidão de nascimento, casamento ou óbito. 

É um tipo de documentação válida, garantindo FÉ PÚBLICA. Um caso muito comum, em que se pede a reprográfica, é o do processo para tirar cidadania portuguesa. 

Mas, como pedir mesmo esse documento? Não é preciso ir até um cartório, basta entrar em contato com a nossa equipe da Central das Certidões! 

Preencha os dados do formulário e confira o prazo e preço da sua solicitação, ok? 

Por fim, vale lembrar que a fotocópia é diferente da certidão de inteiro teor. Esta é uma digitação dos dados do livro de registro, ou seja, uma versão digitalizada. 

Dependendo do caso, pode ser que a versão digital seja melhor. 

Por exemplo, se o texto original do livro for muito complicado de ler (por baixa legibilidade mesmo), o ideal é usar uma certidão de inteiro teor. 

Só fique atento às exigências do seu processo!


No mais, continue navegando aqui pelo blog da Central das Certidões, e descubra mais informações sobre solicitações de documentos!

0 0 Votos
Article Rating
Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários